Termos de uso e privacidade

Termos de uso e privacidade

POLÍTICA DE PRIVACIDADE E DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS DA ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL

RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO 


A ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO respeita a privacidade e a proteção dos dados pessoais de todos os nossos utilizadores, colaboradores, prestadores de serviços, associados, utentes e seus familiares.

Todos os dados pessoais que nos sejam cedidos são imprescindivelmente tratados de forma confidencial e de acordo com a sua finalidade, em harmonia com o Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de Abril 2016 e Lei da Proteção de Dados.


1. Âmbito

A Política de Privacidade e Proteção de Dados aplica-se a todos os dados pessoais de utilizadores, colaboradores, prestadores de serviços, associados, utentes e seus familiares, que são recolhidos pela ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO de acordo com as finalidades do seu objetivo, intervir no âmbito da Solidariedade Social desenvolvendo ações de proteção dos cidadãos na velhice e invalidez, e especificamente para a concretização das suas atividades de ERPI – Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, CD – Centro de Dia: Apoio a crianças e jovens necessitados de ajuda alimentar, SAD – Serviço de Apoio Domiciliário e Apoio a crianças e jovens necessitados de ajuda alimentar.


2. Responsabilidade de gestão da informação recolhida

A ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO é responsável pelo tratamento destes dados, para os devidos e legais efeitos os dados pessoais dos utilizadores, colaboradores, prestadores de serviços, associados, utentes e seus familiares serão utilizados exclusivamente pela ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO e não serão divulgados ou cedidos a terceiros exceto para o cumprimento das obrigações legais e no âmbito do exercício da sua atividade.

A ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO conserva os dados pessoais apenas pelo tempo necessário à realização dos fins para os quais foram recolhidos e, em todo o caso, por prazo nunca superior a cinco anos.


3. Informação Recolhida

A ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO garante a confidencialidade no tratamento bem como a segurança de todos os dados recolhidos no âmbito das candidaturas de sócios, candidaturas de utentes e nas informações clínicas a prestar.

Os tipos de dados pessoais recolhidos, processados e armazenados pela ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO são os necessários à concretização das suas atividades de ERPI – Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, CD – Centro de Dia: Apoio a crianças e jovens necessitados de ajuda alimentar, 

SAD – Serviço de Apoio Domiciliário e Apoio a crianças e jovens necessitados de ajuda alimentar

Tais informações podem incluir:

  • Nome Completo;

  • Dados de contacto (morada, número de telefone, endereço

    eletrónico);

  • Data de Nascimento;

  • Dados Biométricos;

  • Informação Clinica dos Utentes.


    4. Direitos dos/as utilizadores/as

    Os/As utilizadores/as poderão, a todo o tempo, exercer os direitos legais de acesso, retificação, oposição, eliminação, limitação e portabilidade relativos aos seus dados pessoais junto da ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO através do endereço eletrónico atasdirecao@gmail.com, através da morada na Rua da Associação Tinalhense de Apoio Social S/n, Freguesia de Tinalhas, Concelho de Castelo Branco ou ainda através do número de telefone 272431173.

    A ASSOCIAÇÃO TINALHENSE DE APOIO SOCIAL - RESIDÊNCIA DE IDOSOS NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO informa ainda que todos/as os/as utilizadores/as têm o direito de retirar o seu consentimento para o tratamento nos fins indicados, bem como poderá apresentar reclamações junto da Comissão Nacional da Proteção de Dados.